Fanfiction, minha paixão!

OLÁÁÁÁ! Como eu estou em uma vibe “deixe os outros saberem sobre você”, resolvi falar sobre a paixão da minha vida “escrever”, mais especificamente, escrever Fanfics.
Sim, eu sou apaixonada por escrever  e ler fics!

Antes de qualquer coisa… Uma legenda com algumas palavras que podem ser novas:
Fanfiction/fanfic/fic: é uma narrativa ficcional escrita por fãs, utilizando personagens e cenários de filmes/séries/livros/quadrinhos/etc sem comprometer a obra original.
Ficwriter: escritor de fanfics.

Oneshot: uma fanfic com apenas 1 capitulo.

keep-calm-and-write-fanfiction-2.png

O inicio de tudo, atualmente e o que espero para o futuro…

Eu comecei a escrever fanfics e a postar deve fazer uns 3 anos, perto da época que criei o blog, porque eu queria expressar o que sentia. Já escrevi fanfics de vários tipos, mas no momento estou mais focada em história que não tem ligação com algo já criado, ou seja, criações minhas. A algum tempinho atrás apaguei todas as fanfics que havia escrito, porque a forma como eu escrevia, hoje em dia, me assusta um pouco.

Se eu pretendo continuar escrevendo? Mas é claro, pretendo escrever pro resto da vida. Isso inclui criações minhas, fanfics e etc. Espero sempre melhorar, aprimorar minha escrita, conhecer pessoas novas e fazer com que as pessoas gostem do que escrevo.

Minha melhor fanfic, a que me mudou como escritora e o meu recomeço

cats.jpg

Quando eu me tornei ficwriter, tudo que escrevia eram romances do estilo “água com açúcar”, aqueles que você lê e fica entediado. Quando reparei nisso, decidi mudar, de forma brusca e escrevi uma fanfic que continha romance, mas esse não era o foco principal. Eu cheguei a postar alguns capítulos, mas por motivos que não convém citar, nunca postei o final, talvez porque eu não estivesse pronta, mas eu simplesmente parei. A fic se chamava “Exchange”, os personagens eram da “série/novelinha Violetta”, mas o cenário era completamente diferente, os personagens tinham personalidades mais “intensas”. De todas que eu escrevi, essa foi a que eu realmente amei escrever, pois me mostrou que eu tinha capacidade de escrever algo realmente novo, bom e com um pouquinho de mim. Eu ainda tenho a fic salva, estava até pensando em mudar algumas coisinhas, talvez trocar personagens e postar novamente.

Fazem umas duas semanas atrás que postei uma história -oneshot- que foi mais como um teste, para ver como andava minha escrita e daqui uns dias vou postar o primeiro capitulo da minha história, que vai se desenvolver a partir dos acontecimentos dessa oneshot (Se quiser ler, clique aqui).

Pretendo começar a escrever uma fanfic nova, sim quero voltar a escrever fanfics, mas ainda não sei bem sobre o que(deixem sugestões nos comentários, podem ser filmes, séries, livros,etc).

Assim que eu postar o primeiro capitulo da historia, vou começar a escrever a minha fanfic(não esquece as sugestões).  Bom, faz muito tempo que não escrevo, então se você for ler e pensar: “-Nossa essa mina escreve mal pra car****”, não desista de mim, por favor. Tento sempre ir melhorando, mas se as pessoas desistirem de mim, não tem porque melhorar.

kz6HGzkF.png

Eu escolhi o Nyah! como companheiro de histórias.

Quando eu “conheci” o mundo das fanfics, o primeiro site que descobri e onde li minha primeira fanfiction, foi o “Nyah! Fanfiction”, desde então, eu criei um carinho por ele e sempre posto minhas fanfics por lá. Sim eu sei que existem muitos, eu até tentei desapegar um pouquinho do Nyah!, mas não consegui, é muito amor envolvido KKK.
Eu tive uma conta no WattPad, mas eu não gostei muito e exclui, hoje em dia tenho uma conta no Spirit também, mas apenas para leitura.

“Cada um tem de mim exatamente o que cativou.” – Charles Chaplin

Se você é ficwriter, ou conhece algum, comenta ai embaixo, vamos bater um papo, quem sabe eu já li uma fanfic sua? Gosto muito de trocar ideias com outros escritores, acho que isso nos dá muita experiência, então não deixa de comentar.
Não é escritor, mas gosta de ler fanfics? Comenta ai qual está lendo, qual mudou um pouquinho sua vida, gosto sempre de receber sugestões!
Por hoje é só, beijos e até a próxima, sabidos!

Sou Vegetariana!

OLÁÁÁ, hoje eu resolvi falar de mim. :O
Na verdade, falar de um assunto que assusta muitas pessoas. Vegetarianismo.
Faz pouco tempo que eu me tornei vegetariana, na verdade Ovolactovegetariana, mas já tive tantas experiencias que pensei em compartilhá-las com vocês.

large

 

Pra começar eu vou listar as 5 frases que mais ouço.

  1. Por que você se tornou vegetariana?
    O motivo principal é não aceitar a morte de outro ser vivo para minha sobrevivência. Sem falar nos benefícios a saúde. Vegetarianos tem menos chances de desenvolverem doenças cardiovasculares.
  2. Mas você come frango, não é? E peixe?
    Mas é claro, que não! Se eu sou vegetariana por não aceitar a morte dos animais, como comeria frango e peixe? Vou lhe dizer uma coisa que pode lhe deixar surpreso… Frango e frutos do mar são carne da mesma forma que vacas, ovelhas/carneiros e porcos.
  3. Mas essa carne está tão boa, tem certeza que não quer experimentar?(Tipica perguntas das avós e das tias)
    Vó/tia, claro que não. Mesmo você não concordando com meu pensamento e achando que eu estou errada, eu tenho direito de não querer comer.
  4. É vegetariana até aparecer um churrasco. Não tem quem resista, nem tenta.
    Ta passando vergonha, querido. Sou vegetariana, SIM! Independente de ter churrasco ou não. Se tiver um churrasco, não vou. Sem essa de “Não tem quem resista”, tem quem resista, SIM!
  5. Quantos quilos você emagreceu desde que virou vegetariana?
    Nenhum. Você acha mesmo que virei vegetariana pra emagrecer? Não. E só porque eu virei vegetariana não significa que eu vou emagrecer, continuo comendo como antes, isto é, como uma draga.

2-1

Antes de me tornar vegetariana eu sentia uma culpa enorme ao comer carne, ficava pensando na vida que havia sido tirada para que tivesse aquele pedaço de carne em meu prato. Sem falar que eu achava a carne muito nojenta ao lidar com ela o que não faz sentido nenhum, pretendo ser médica e se tivesse que lidar com ferimentos em animais não teria problema.

Acho que uma das melhores decisões que tomei, desde que comecei a tomar minha próprias decisões, foi virar vegetariana. Me sinto muito bem, melhor do que antes. Só em pensar que não como um alimento que só esta em meu prato depois de tirarem uma vida e/ou que não financio a morte dos animais, me sinto muito melhor.

“Os animais existem por suas próprias razões. Eles NÃO foram feitos para os humanos, assim como os negros NÃO foram feitos para brancos ou mulheres para os homens.” -Alice Walker

Essa é de longe minha frase preferida sobre vegetarianismo. Bom, por hoje é só.
Se ainda restou alguma dúvida, ou tiver uma sugestão(se quiser que eu poste os tipos de vegetarianos, qual a diferença entre vegetarianos e veganos, esse tipo de coisa) comenta ai em baixo.
Beijos e até a próxima, sabidos.

Esquadrão Suicida – DIY

OLÁÁÁÁ! Eu estou me sentindo estranha porque eu geralmente nunca tenho ideias pra postar aqui no blog e agora eu consegui uma e faz bem pouco tempo do post anterior.

esquadraosuicida-750x380

Eu ainda não fui assistir “Esquadrão Suicida” 😦 mas pensei eu postar algo sobre isso. Comecei a procurar DIY do filme e só apareciam tutoriais de maquiagem da Harley Quinn/Arlequina, oque me deixou realmente frustada porque não era o que estava procurando. Após muitas horas refinando buscas, mudando as palavras-chave, finalmente achei 5 DIY sobre o filme. EEEEEEHHHH

Eu sei que alguns de vocês devem passar por isso, então eu resolvi deixar os que encontrei aqui para facilitar para vocês, não precisam agradecer, agora chega de enrolar e vamos para os DIY’s.

524164.jpg

DIY – Esquadrão Suicida

  1. DIY Luminária
    Essa luminária é linda e muito fácil de fazer. Quem ensina é a Barbara do canal “Bonitezas”. Eu adoro o trabalho dela.
  2. Almofadas Harley Quinn e Coringa
    Essas almofadas são uns mimos. Assim que vi, fiquei apaixonada, com certeza vou querer fazer. Quem fez foi a Bel do canal “OMG, A BOY!”, que ganhou mais uma inscrita.
  3. Pulseiras (Feitas com Palito)
    Já imaginou pulseiras feitas com palito? Aquele palito que o médico usa pra baixar a nossa língua quando vai nos examinar? É, aquele parecido com o palito de picolé. Bom, a Dani Martinez ensina a fazer isso. Amei a dica, que além de ser fácil é muito barata.
  4. Caderno
    Eu tenho alguns cadernos que fiz com essa técnica, só que quando terminei eu passei contact transparente para impermeabilizar. Mas é muito fácil, eu amei o resultado do caderno que ela fez e talvez eu também faça. A moça que fez foi a Angelica do canal “Canal Angel Accola”.
  5. Camisetas – Coringa e Harley Quinn
    Essa camisetas são lindas, eu pretendo fazer, mas primeiro eu fiz elas como almofadas, usando o mesma técnica que a moça do “OMG, A BOY!” fez. Quem fez essas camisetas foi a minha diva dos DIY’s, Gabi Grativol. Ela é maravilhosa e tem a estante mais linda do mundo e eu sou uma grande fã dela.

Desculpem por não colocar as fotos da minhas almofadas, é que eu estou sem câmera e sem celular. 
Se vocês gostarem desse tipo de post, comentem aí quais filmes, séries ou livros vocês gostariam que eu selecionasse DIY’s para eu saber e postar.
Por hoje é só, até a próxima sabidos, grande beijo e tchau!

Resenha: Eleanor & Park

Minha primeira resenha para o blog. AHHHHHH 

E estamos de volta, hoje com um assunto que eu amo e espero que vocês também, LIVROS!
Eu já fiz posts sobre livros, se quiser acessar clique aqui, aqui e aqui.

Dessa vez eu não vou falar de livroS, vou falar de um livro em especial, Eleanor & Park. Recentemente li esse livro, recentemente mesmo porque faz 1 dia que eu terminei esse livro, e acabei gostando bastante mais do que imaginei. Então resolvi postar uma resenha sobre ele.
Sem mais delongas…

 

http://chatadegalocha.com
Encontrei essa foto na internet, ela é do blog “Chata de Galocha”. Um dos meus blogs preferidos por sinal.

 Eleanor & Park – Rainbow Rowell

**Contém spoiler!

Park é um estudante apaixonado por rock e gibis. Quando estava no ônibus indo para escola, em um dia aparentemente normal, reparou que uma nova estudante havia chegado. Uma garota diferente, Eleanor.
Ela precisa sentar-se em um lugar, mas ninguém a queria a ruiva por perto, estavam implicando com ela, até que Park diz que ela sente-se ao seu lado.

Após algum tempo, tornaram-se grandes amigos e algum tempo depois, um casal.
Conforme foram se conhecendo melhor, Park descobre que a vida de sua namorada é bastante complicada, ela morava em uma casa pequena com sua mãe, seus irmãos e seu padrasto. Ela sentia-se envergonhada ao estar com Park na maioria das vezes, por ser diferente e ter uma vida tão bagunçada, mas ele não ligava.

Eleanor passou  a frequentar a casa de Park e eles passavam o dia estudando, lendo, ouvindo música.

O padrasto dela era um completo desastre, todos na casa tinham medo dele. Devido a isso não faziam nada que ele fosse considerar errado, com exceção é claro, de Eleanor.

Eleanor & Park é um romance muito lindo, a história deles dois se desenvolve em meio a uma narrativa que vai se intercalando entre os dois de uma forma gostosa de se ler.
É a história de dois adolescentes e para mim parece um livro feito para pré-adolescentes, que todos os jovens e adultos deveriam ler.

Indico a todos que leiam, pois não fala somente sobre o romance dos dois, vai muito além disso. Mostra como o amor é um coisa linda e muito imprevisível.

eleanor_and_park_sketch_by_nuggetninja-d76zoag
Esse desenho muito fofo, pelo qual estou apaixonada foi mais umas das minhas fotos encontradas em garimpos pela internet à fora.

Espero que tenha gostado da minha resenha, lembrando que a primeira que mostro a alguém. Se já leu o livro, comenta ai embaixo o que achou dele, se concorda comigo ou não. Se não o leu ainda, leia.

Um grande beijo e até a próxima, sabidos! Boa leitura!